Type Here to Get Search Results !

Player Web Rádio Falando Francamente

Ibi Terra Santa
Câmara Municipal de Ibicaraí Ibi Terra Santa

IMAGENS

Equipe SOS previne situações de emergência nas escolas

A Secretaria da Educação do Estado disponibiliza uma Equipe SOS para auxiliar os gestores na prevenção de situações de emergência na infraestrutura das escolas que estejam relacionadas a questões físicas, hidráulicas e elétricas. O serviço tem como objetivo acompanhar, fiscalizar e executar o atendimento solicitado em casos de necessidade, contribuindo para o bom funcionamento das unidades escolares da rede e, principalmente, com a segurança de toda a comunidade escolar.

O serviço funciona durante todo o ano, inclusive, nos recessos e férias escolares. No momento, estão sendo atendidas 12 escolas, entre os quais o Colégio Estadual Assis Valente, localizado no município de Teodoro Sampaio. Na unidade, a Equipe SOS – formada por quatro profissionais, entre eletricistas, pedreiros e encanadores – está reconstruindo a cobertura do pátio central da escola com uma tesoura de estrutura metálica (peça principal da estrutura).

“São demandas que requerem uma atenção imediata e o nosso critério é, justamente, atender as unidades de acordo com o grau de urgência de cada situação”, explica a responsável pelo gerenciamento e planejamento do SOS Escola, Paula Reis, da Coordenação Executiva de Infraestrutura da Rede Física, da Secretaria da Educação do Estado. 

Contato com a SOS - Através do telefone (71) 3115-9150 ou visita à Coordenação Executiva de Infraestrutura da Rede Física, na sede da Secretaria da Educação, no Centro Administrativo da Bahia, o gestor faz a solicitação, que é encaminhada para a Coordenação da Rede Física. A realização do serviço é feita após uma vistoria dos técnicos na unidade escolar. As demandas mais executadas são as referentes a reparos elétricos e hidráulicos e cobertura de telhados.

“É importante que os gestores entendam bem o papel do SOS, que é atender aos casos de emergência, como problemas na estrutura física, coberturas, sistema hidrossanitário e elétrica, entre outros igualmente urgentes, com o objetivo de identificar soluções para os problemas apresentados”, ressalta Paula Reis.

Os recursos para a realização dos serviços executados pela Equipe SOS podem derivar de três situações: de materiais disponíveis no almoxarifado do SOS; da própria escola, através do fundo destinado à manutenção da unidade e, ainda, da Secretaria da Educação do Estado.

No ano de 2016 até março deste ano, já foram atendidas 418 demandas. Os colégios estaduais Thales de Azevedo, em Salvador, e Assis Valente, em Teodoro Sampaio (a 96 km da capital baiana) são algumas unidades que foram beneficiadas recentemente com o serviço. No Colégio Thales de Azevedo foi feito o conserto da bomba hidráulica da escola. Trata-se de um serviço prioritário, pois o dispositivo tem o papel de transformar a energia mecânica proveniente de um motor de acionamento em energia hidráulica. “Sem fornecimento de água na escola, os estudantes ficariam prejudicados, porque a merenda escolar, os banheiros, os bebedouros estariam comprometidos”, ressalta Paula Reis. Além disso, foram solucionados problemas na tubulação do sistema pluvial que apresentava vazamento do pavimento subsolo, foi feita a desobstrução do sistema pluvial e foram recuperados alguns revestimentos.

O Colégio da Polícia Militar (CPM) João Florêncio Gomes, localizado no bairro da Ribeira, em Salvador, também foi atendido pela Equipe SOS. Na cozinha da unidade foi feita uma nova instalação da parte elétrica. “Fizemos uma reestrutução elétrica na cozinha, com execução de uma nova infraestrutura, a exemplo de passagem de novos cabos, montagem do novo quadro, instalação de novas luminárias e novos acabamentos elétricos”, detalha Paula Reis.

Fotos: Divulgação

 - ASCOM
Secretaria da Educação do Estado da Bahia
Tel: (71) 3115 - 8954/9026
www.educacao.ba.gov.br

http://www.sec.ba.gov.br/assinatura-expresso.png

Enviar um comentário

0 Comentários

ANÚNCIE AQUI

ANÚNCIE AQUI

ANÚNCIE AQUI

#