Projeto Alianças Produtivas e IG Cacau Sul da Bahia viabilizam acesso de agricultores familiares ao Pronaf do Banco do Brasil

Fruto de um esforço conjunto liderado pela IG Sul da Bahia Cacau Sul da Bahia, duas cooperativas associadas à IG -Coopercentrosul  e Coopessba, Banco do Brasil, Governo do Estado da Bahia, Conderupes – Conselho Municipal de Agricultura e Pesca Sustentável de Ilhéus, Instituto Arapyaú, Instituto Humanize e Instituto Conexões Sustentáveis – CONEXSUS, foi  viabilizada  junto ao Banco do Brasil Ilhéus a liberação de créditos de custeio e investimento em cacau advindos do PRONAF para agricultores familiares e Assentados de Reforma agrária em cinco municípios do Sul da Bahia.

Nesta segunda-feira, 29, foram assinadas em Ilhéus as seis primeiras operações de crédito para custeio e investimentos, com um valor médio de 70 mil reais.  Outras catorze operações estão em análise no Banco do Brasil e outros quinze 15 produtores já solicitaram acesso ao projeto.   O valor total dos financiamentos poderá chegar a 1 milhão e 400 mil reais. Essas operações envolvendo o cacau não eram realizadas há quase duas décadas.  Os contratos foram assinados pelos produtores com a supervisão do Gerente Geral do Banco em Ilhéus, Euler Oliveira Paiva.
Cristiano  Sant´Ana, diretor executivo da IG Cacau Sul da Bahia, afirma que  “mais um passo importante que comprova a necessidade do trabalho Cooperativo em nossa região, além de demonstrar novamente a capacidade de articulação e agregação de resultados promovida pela Indicação Geográfica Cacau Sul da Bahia”.
Cristiano Sant´Ana
“Isso demonstra como uma Federação de Instituições de Produtores organizada, tal como a Associação Cacau Sul Bahia – ACSB traz a melhor opção de respostas positivas para nossos agricultores”, diz.
ALIANÇAS PRODUTIVAS
Esta atividade faz parte do conjunto de ações complementares programadas para os projetos do Programa Alianças Produtivas, da CAR – Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional e SDR – Secretaria de Desenvolvimento Rural/Governo do Estado da Bahia. No projeto, adota-se o conceito de Aliança Produtiva Territorial (APT) como sendo a efetivação de parcerias comerciais qualificadas e duradouras entre uma ou mais Organizações Produtivas da Agricultura Familiar e o Setor Privado, com o propósito de garantir acesso a mercados para os produtos da agricultura familiar.
QUALIDADE DO CACAU E CHOCOLATE
Carine Assunção
Para Carine Assunção,  da Cooperativa de Serviços Sustentáveis da Bahia (Coopessba),  “o projeto Alianças produtivas viabilizou a consolidação da nossa marca de chocolates Natucoa, a participação em eventos no Brasil e no Exterior. O selo da IG Cacau nos nossos chocolates  também foi muito importante  porque agrega valor à marca, reafirmando a qualidade, a procedência e rastreabilidade  do cacau com o qual eles são produzidos”.
Segundo ela “a retomada do Pronaf para a agricultura  familiar pelo Banco do Brasil com valores expressivos garante que o agricultor possa investir na melhoria da produção, contando com a assistência técnica e com isso o impacto positivo de toda a cadeia produtiva, mostrando que além de produzir cacau de qualidade o Sul da Bahia também produz chocolates de origem com alto valor agregado”.
ASSISTÊNCIA TÉCNICA, PRODUÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO
Angélica Anunciação,  da Cooperativa de Pequenos Produtores de Cacau, Mandioca e Banana do Centro da Região Cacaueira-Coopercentrosul destaca que “os recursos da Aliança Produtiva permitem estruturar as cooperativas para dar condições a essa produção e produtividade de qualidade,  com aquisição de equipamentos, melhoria da logística e da assistência  técnica, tornando-se uma oportunidade para agricultura familiar  produzir e comercializar  com maior valor agregado”.
“As Alianças Produtivas para a cacauicultura do Território Litoral Sul, fortalecem a indicação Geográfica, que inaugura novos e promissores  tempos para a agricultura  familiar, o cacau e o chocolate”, afirma Angélica.
A Associação Cacau Sul Bahia-iG Cacau é uma federação formada por 18 instituições representativas com um total de 3200 associados e é atualmente a mais abrangente associação da cadeia do cacau e chocolate no Sul da Bahia.
Share on Google Plus

About Visão de Águia

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 Comments:

Enviar um comentário

Fale Conosco

Fale Conosco