Bolsonaro planeja disputar a reeleição com outro vice e desabafa para interlocutores: "com Mourão não dá"

 


O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), pretende escolher um outro vice-presidente para disputar a reeleição em 2022.

O desejo de trocar o general da reserva Hamilton Mourão (PRTB) como candidato a vice-presidente foi dita pelo presidente a três aliados, que relataram o conteúdo das conversas reservadas com Bolsonaro à Folha.

Segundo os interlocutores, Bolsonaro disse que quer escolher outro nome para a sua chapa eleitoral e ressaltou que não conseguiu estabelecer uma relação de completa confiança com o militar.

Nas palavras de um dos aliados, Jair afirmou que é preciso encontrar uma solução para o posto de vice-presidente e acrescentou que Mourão de novo “não dá”.

Nas conversas, o chefe do executivo federal lembrou que o general da reserva foi escolhido em 2018 devido a uma dificuldade, na época, em encontrar um nome para composição de sua chapa eleitoral.

Em 2018, antes do anúncio de Mourão como vice, Bolsonaro comvidou a hoje deputada estadual Janaina Paschoal (PSL-SP) para o posto, mas ela recusou.Em nome de uma aliança com o PRTB, e na tentativa de fidelizar apoios nas Forças Armadas, Bolsonaro escolheu o general da reserva.

Na época, aliados do hoje presidente reconheciam que Mourão era uma boa saída a Bolsonaro, já que, na opinião deles, por não ser um político de carreira, seu nome desestimularia a abertura de um processo de impeachment pelo Poder Legislativo.

Estado ou Senado

 

A intenção do presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) de escolher outro nome para a chapa eleitoral já foi informada a integrantes das Forças Armadas, que passaram a avaliar uma espécie de saída honrosa para o general da reserva. Eles defendem que o militar, que acumulou capital político no cargo, siga na vida pública e dispute, em 2022, um mandato de senador ou de governador no Rio Grande do Sul, onde o general chefiou o Comando Militar do Sul.

Para militares do governo, uma candidatura de Mourão no Rio Grande do Sul poderia até mesmo, se bem articulada, ter o apoio de Bolsonaro, que contaria com um palanque forte em um importante colégio eleitoral

Share on Google Plus

About Visão de Águia

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 Comments:

Publicar um comentário

Fale Conosco

Fale Conosco