Wagner rechaça 'ilação' de que não assinou CPI para defender Rui Costa

 


por Fernando Duarte

Wagner rechaça 'ilação' de que não assinou CPI para defender Rui Costa
Foto: Geraldo Magela/ Agência Senado

“A ilação fica por conta de cada cabeça”. É assim que o senador Jaques Wagner (PT) responde ao ser questionado sobre as razões para não concordar com a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a falta de competência do governo federal em gerir a pandemia. A razão, garante ele, foi evitar que as atenções fiquem dissipadas entre a CPI e o real desafio: “Estou mais a fim de salvar a vida do que procurar culpado”.

 

Em conversa com o Bahia Notícias, Wagner foi enfático ao garantir que não existe motivo para “blindar” o governador Rui Costa, após a ampliação do escopo da CPI permitir que sejam investigadas eventuais malversações de recursos federais. “Estou longe de querer defender Rui, até porque, na minha opinião, Rui não precisa de defesa. As duas compras que aconteceram e que deram problemas nos respiradores, todas as duas já foram judicializadas pelo próprio governo da Bahia e pelo Consórcio Nordeste”, assegurou.

 

A fala é uma resposta à circulação de informações desencontradas, especialmente nos bolsões bolsonaristas, de que o senador não assinou o requerimento de instalação da CPI ou optou por não participar do colegiado apenas para evitar investigar o governo baiano. “Continuo com a minha posição. Acho que a gente devia dedicar nossas energias para conseguir vacina e quando passar a fase mais crítica”.

Share on Google Plus

About Visão de Águia

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 Comments:

Enviar um comentário

Fale Conosco

Fale Conosco