Morre procurador da República Alessandro José Fernandes de Oliveira, que comandou a Lava Jato em Curitiba

 


O procurador da República Alessandro Oliveira, de 45 anos, que atuou na coordenação da Operação Lava Jato em Curitiba, teve a morte confirmada nesta quinta-feira (20). A informação foi divulgada pelo Ministério Público Federal (MPF) por volta das 20h. A causa da morte ainda não foi informada.


Alessandro Oliveira passou a coordenar a força-tarefa da Lava Jato em Curitiba depois da saída do procurador Deltan Dallagnol, em setembro de 2020. Dallagnol alegou que se dedicaria ao tratamento de saúde de uma filha.


Em fevereiro deste ano, a força-tarefa foi encerrada, e as investigações foram encaminhadas ao Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do MPF.

Oliveira e outros quatro procuradores, dos 15 que atuavam na operação, continuaram com dedicação exclusiva ao trabalho da Lava Jato.


Quando assumiu o comando da extinta força-tarefa, o procurador disse que estava diante do maior desafio da carreira. À época, ele afirmou que era impossível prever o fim da Lava Jato.

Share on Google Plus

About Visão de Águia

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 Comments:

Enviar um comentário

Fale Conosco

Fale Conosco