Pesquisa eleitoral liga alerta no Planalto e em aliados e evidencia pior momento de Bolsonaro

 A pesquisa Datafolha divulgada nesta quarta-feira (12) acendeu o sinal de alerta entre aliados do governo e até mesmo no Palácio do Planalto. O levantamento mostrou o ex-presidente Lula liderando a corrida eleitoral e derrotando o presidente Jair Bolsonaro no segundo turno, por ampla margem de votos.


Segundo o Datafolha, no primeiro turno, Lula tem 41% das intenções de voto, e Bolsonaro, 23%. Num eventual segundo turno entre os dois, conforme a pesquisa, Lula tem 55% das intenções de voto, e Bolsonaro, 32%.


45% reprovam governo Bolsonaro e 24% aprovam, aponta pesquisa Datafolha

Ao blog, três interlocutores de Bolsonaro reconheceram que o levantamento evidência o pior momento do governo e reflete uma avaliação negativa do governo no enfrentamento da pandemia, além da difícil situação econômica do país, com inflação elevada, aumento da taxa de juros e perda de renda do brasileiro.


Há também o reconhecimento, entre aliados do Planalto, de que a CPI da Covid tem fragilizado a imagem do governo ao colocar no foco a gestão de Bolsonaro na pandemia.


A pesquisa também mostra que, em um segundo pelotão, aparecem embolados o ex-ministro da Justiça Sergio Moro (sem partido), com 7%; o ex-ministro da Integração Ciro Gomes (PDT), com 6%; o apresentador Luciano Huck (sem partido), com 4%; o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), que obtém 3%; e, empatados com 2%, o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta (DEM) e o empresário João Amoêdo (Novo).


Pesquisa Datafolha também apontou que a aprovação ao governo Bolsonaro caiu 6 pontos percentuais e foi para 24%, enquanto a reprovação cresceu 1 ponto e chegou a 45% (veja vídeo abaixo).


Share on Google Plus

About Visão de Águia

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 Comments:

Enviar um comentário

Fale Conosco

Fale Conosco