Aliado de Bolsonaro disse a membros da CPI que vai ‘derrubar a República’

 


Nas conversas que teve com integrantes da CPI da Pandemia ao longo desta quarta-feira (23), o deputado Luis Miranda deixou evidente que ele e seu irmão, o servidor da Saúde ameaçado pelo Planalto, têm ampla documentação do processo e dos movimentos deles para denunciar internamente, no governo, a corrupção na Saúde, segundo a coluna Radar, da revista Veja.


A prova maior das falas de Miranda sobre Bolsonaro é clara: ele denunciou um fato grave ao presidente, com documentos e com o servidor diretamente envolvido no ponto crítico da operação, o momento da “canetada”.


Se o irmão do deputado fosse integrante do esquema, teria assinado e o país teria mais um serviço sujo para o inventário da história. Como não assinou e ainda comunicou ao presidente o fato, Bolsonaro terá que lutar contra uma forte denúncia de prevaricação.

Share on Google Plus

About Visão de Águia

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 Comments:

Enviar um comentário

Fale Conosco

Fale Conosco