TSE barra 158 candidaturas pela Lei da Ficha Limpa; quatro são da Bahia

 


por Redação

TSE barra 158 candidaturas pela Lei da Ficha Limpa; quatro são da Bahia
Foto: José Cruz / Agência Brasil

O prazo para julgamento dos registros de candidatura pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e pelos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) terminou na segunda-feira (12). Cerca de 1,8 mil candidatos tiveram o registro indeferido nas eleições deste ano e desse total, 158 se enquadraram na Lei da Ficha Limpa. O portal Metrópoles, parceiro do Bahia Notícias, compilou essas informações, na terça (13), com base na sessão de dados abertos do TSE.

 

Na Bahia, quatro candidaturas foram barradas pela lei: João Bosco Bittencourt (PT), Kock Feregueti (PSOL), Zevaldo Lima (PL) e Leda Cigana (MDB). Promulgada em 2010, a Lei Complementar nº 135/2010 impede que políticos condenados em processos criminais, em segunda instância, possam concorrer a cargos públicos durante um prazo de oito anos.

 

A regra vale ainda para quem teve mandato cassado ou contas rejeitadas por irregularidades que caracterizem improbidade administrativa. Pessoas físicas e dirigentes de empresas responsáveis por doações eleitorais ilegais também podem ser enquadrados.

 

União Brasil e MDB dividem o primeiro lugar na lista de partidos com maior número de candidatos enquadrados na Lei da Ficha Limpa. Ambos tiveram 14 postulantes proibidos de concorrer ao pleito deste ano.

 

Em seguida, está o Solidariedade, com 11 registros indeferidos. PTB e PSD tiveram oito políticos impedidos de concorrer a cargos neste ano. O PT e o PDT também somam oito candidaturas barradas devido à norma.

Share on Google Plus

About Visão de Águia

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 Comments:

Enviar um comentário

Fale Conosco

Fale Conosco