Ibi Terra Santa

MG confirma ser estado decisivo nas eleições e reflete votação nacional entre Lula e Bolsonaro

 


Mais uma vez, Minas Gerais mostrou que é o retrato do Brasil e decisivo para o resultado nacional das eleições: Luiz Inácio Lula da Silva (PT) venceu no estado com 50,20% dos votos, enquanto Jair Bolsonaro (PL) ficou com 49,80%.

No país, com 100% das urnas apuradas, o petista foi eleito presidente da República com 50,90% dos votos válidos, enquanto o candidato do PL conquistou 49,10%.

Desde 1989, todos os presidentes eleitos no Brasil ganharam em MG, que concentra 10% do eleitorado brasileiro e é o segundo maior colégio eleitoral do país.


Lula recebeu um total de 6.190.960 votos em Minas, 49.650 a mais do que Bolsonaro, que obteve 6.141.310. O petista venceu em 564 municípios mineiros, e Bolsonaro, em outros 289.


Minas Gerais é o único do estado do Sudeste onde o presidente eleito ganhou.


Assim como no primeiro turno, o atual presidente venceu nas três maiores cidades de MG em número de habitantes: na capital, Belo Horizonte, ele obteve 54,25% dos votos; em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, 53,12%; e em Contagem, na Região Metropolitana, 55,49%.

Com o apoio do governador Romeu Zema (Novo), que acompanhou todos os seis compromissos de campanha de Bolsonaro em Minas no segundo turno, o candidato do PL virou em algumas cidades onde Lula tinha vencido no primeiro turno, como Betim, na Grande BH, e Montes Claros, no Norte. Ele recebeu 902.046 votos a mais do que no dia 2 de outubro.


No entanto, os números não foram suficientes para a vitória no estado. Lula obteve 388.389 votos a mais no segundo turno em Minas, em comparação com o primeiro, quando venceu Bolsonaro com uma diferença de 563.307 votos.

O presidente eleito ganhou em cidades como Juiz de Fora, na Zona da Mata, com 56,09% dos votos, Teófilo Otoni, no Vale do Mucuri, com 50,18%, e Barbacena, na Região Central, com 56,63%.


Após o anúncio da eleição de Lula, o governador Romeu Zema se manifestou nas redes sociais.


"Com o resultado da eleição nacional, desejo sucesso ao presidente eleito. Seguirei cobrando que Minas seja prioridade, como merece. Estarei aberto ao diálogo para que o Brasil possa crescer com trabalho, honestidade e respeito. Que Deus abençoe nossa nação", escreveu.


Enviar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Fale Conosco

Ibi Terra Santa