Ibi Terra Santa

João Roma abre o jogo sobre decisão de Bolsonaro de não passar faixa presidencial

 


O deputado federal em fim de mandato, João Roma (PL), abriu o jogo em relação a decisão do presidente Jair Bolsonaro (PL) de não passar a faixa presidencial para o presidente eleito pelo PT, Lula. Conforme adiantado pelo BNews, o mandatário já teria dito a amigos que pretende estar longe de Brasília no dia da posse.

Os planos de Bolsonaro é passar uma temporada no condomínio Mar-a-Lago, em Palm Beach, na Flórida, Estados Unidos. O resort de luxo, pertence ao ex-presidente dos EUA Donald Trump é às suas empresas. Ele e o ex-presidente americano já jantaram neste condomínio, em 2020, quando Bolsonaro fez uma visita oficial ao país.

Em entrevista à rádio Princesa FM, na manhã desta quarta-feira (28), João Roma disse que esta é uma decisão de foro íntimo de Jair Bolsonaro. “É uma decisão do presidente, se ele vai se sentir confortável ou não. A solenidade é de posse do novo presidente, mas é de foro íntimo dele (Bolsonaro). Ele não se sente à vontade pelo clima e pela forma que as coisas ocorreram”, disse, sem entrar em detalhes.

Diferente de Roma, outros aliados do presidente tentam convencê-lo a passar a faixa para Lula. O governador eleito de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), e o ministro Jorge Oliveira, que chegou ao TCU (Tribunal de Contas da União) por indicação de Bolsonaro, têm procurado demonstrar ao presidente que, no atual cenário de radicalização do país, a obrigação do titular do cargo pode soar como um "ato de grandeza" de sua parte, ajudando a aglutinar a oposição em torno de Lula.


No entanto, Bolsonaro segue em silêncio e, por enquanto, com viagem mantida para os Estados Unidos.

Enviar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Fale Conosco

Ibi Terra Santa