Ibi Terra Santa

Papa Francisco pede para que fiéis orem por Bento XVI que 'está muito doente'

 


O Papa Francisco pediu nesta quarta-feira (28) orações pelo ex-papa Bento XVI, dizendo que ele está "muito doente".


"Gostaria de pedir a todos uma oração especial pelo Papa Emérito Bento, que, no silêncio, está sustentando a Igreja. Lembremo-nos dele. Ele está muito doente, pedindo ao Senhor que o console e sustente neste testemunho de amor à Igreja, até o fim", disse Francisco, falando em italiano ao final de sua audiência geral.


O Vaticano disse mais tarde em um comunicado que Bento XVI sofreu uma "piora" repentina de sua saúde nas últimas horas. Também disse que sua condição estava "sob controle" e que ele recebia atenção médica constante.

Bento, 95, em 2013 se tornou o primeiro papa em cerca de 600 anos a renunciar. Ele mora no Vaticano desde então.


Até algumas semanas atrás, aqueles que viram Bento disseram que seu corpo estava muito frágil, mas sua mente ainda estava afiada.


Bento, o primeiro papa alemão em 1.000 anos, foi eleito em 19 de abril de 2005 para suceder o amplamente popular papa João Paulo II, que reinou por 27 anos.

Os cardeais o escolheram entre eles em busca de continuidade e do que se chamou de "um par de mãos seguras".


Por quase 25 anos, como cardeal Joseph Ratzinger, ele foi o poderoso chefe do escritório doutrinário do Vaticano, então conhecido como Congregação para a Doutrina da Fé (CDF).


Joseph Ratzinger, seu nome de batismo, nasceu na Baviera, na Alemanha, em 1927 e foi ordenado padre em 1951 e bispo em 1977. No mesmo ano, o Papa Paulo VI o nomeou cardeal. Nunca deixou de escrever e dominava seis idiomas: alemão, italiano, francês, latim, inglês e castelhano, além de ter conhecimentos de português.

Enviar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Fale Conosco

Ibi Terra Santa