Trending

Ibi Terra Santa
Câmara Municipal de Ibicaraí IPTU 2023

17ª Sessão da Câmara de Vereadores de Ibicaraí aprova PL 10/2023 com veto parcial no Artigo V

 


A Câmara de Vereadores de Ibicaraí realizou na noite de quarta-feira, dia 9 de agosto, a 17ª Sessão Ordinária do segundo biênio de 2023 e na oportunidade, entre outras pautas foi aprovado o Projeto de Lei 10/2023, de autoria da vereadora Silvana Santana, que fala da política de proteção para crianças com Transtorno do Espectro Autista (TEA). O PL 10/2023 foi aprovado por unanimidade com veto parcial do Executivo Municipal no artigo V da Lei e volta para a sanção do Executivo Municipal. 

A sessão contou com a presença (no primeiro momento) dos vereadores, Francisco Araújo Henrique, que assumiu interinamente a presidência da Casa, com a ausência do edil Herbert Santana (que precisou faltar a sessão por motivos pessoais), José Raimundo Soares Simões e Leonardo Alves (que formaram a mesa diretora), além dos vereadores Aroldo Melo (líder do governo na Casa), Clícia dos Santos Nascimento, Ednaldo José dos Santos, Edivaldo dos Santos, Alam Rogério, Silvana Santana e Jonathas Soares (que chegou na segunda parte da sessão), além do diretor administrativo da Casa, Moisés Messias. 


O presidente interino Francisco Araújo Henrique (Chico do Doce), abriu os trabalhos com a contagem dos edis presentes. No momento seguinte a vereadora Silvana foi convidada para ler um versículo bíblico e o diretor administrativo fez a leitura da ata da 16ª sessão ordinária que foi aprovada por unanimidade.

Na sequência Moisés fez a leitura do Projeto de Lei 17 2023, as indicações 45, 46, 47 e 48. O presidente deixou de lado o pequeno expediente e franqueou a palavra para os edis presentes por até 10 minutos.

Os vereadores Alam Rogério, Ednaldo José dos Santos, Silvana Santana, José Raimundo Soares Simões (DuArtes) e Aroldo Melo (Aroldão), usaram a tribuna da Casa e cada um fizeram suas cobranças e reivindicações.

Alam mais uma vez, entre outras pautas, se solidarizou com os professores e cobrou providências para a falta de medicamentos nos postos. “Meu mandato será pautado sempre na defesa do povo”, disse o edil finalizando o seu discurso.

Lió pautou a sua fala na chegada de uma empresa de enlatados que irá gerar a médio e longo prazo 180 empregos diretos. O edil mais uma vez fez duras críticas à gestão e cobrou dos pares sobre a questão do combustível na Educação. “Não vamos nos calar. Eu vou sair de cabeça em pé”, disse Lió.


A vereadora Silvana saudou a todos e pediu um minuto de silêncio para o saudoso comunicador Ailton Scher. Na sequência a edil falou sobre o projeto de Lei 10/2023 (de sua autoria) e entendeu o veto parcial do Executivo Municipal no PL 10/2023. 


DuArtes pautou o seu discurso no aumento da água do SAAE. O edil cobrou celeridade com relação a reforma tributária do município e cobrou dos comerciantes e a sociedade civil organizada uma maior participação nas sessões entre outras cobranças.


Aroldão saudou a todos os presentes. O edil falou da importância das cobranças dos demais vereadores, mas disse que a atual gestão tem bons. Aroldo solicitou a presença do secretário Fred para discutir o planejamento das estradas vicinais. O edil pautou uma série de avanços da atual gestão em todas as áreas e por último afirmou que ruas do Delfino Guedes as ruas serão calçadas.


No momento seguinte o presidente interino declarou encerrado o grande expediente e deu início a Ordem do dia com a discussão do veto parcial do projeto 10/2023 no artigo V. O parecer foi votado e aprovado por unanimidade, juntamente com o veto do artigo V do PL 10/2023 que foi votado e aprovado por unanimidade, e agora volta para sanção do Executivo Municipal.

Não tendo mais nada em pauta para o dia, o presidente encerrou a sessão e convidou todos os presentes para a 18ª Sessão Ordinária que acontecerá na próxima quarta-feira, dia 16 de agosto de 2023.


Data: 12.08.2023

Texto e fotos: Ascom Câmara de Vereadores de Ibicaraí








Enviar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem