Otto afirma que decreto de armas de Bolsonaro é inconstitucional;votação é nesta terça

[Otto afirma que decreto de armas de Bolsonaro é inconstitucional;votação é nesta terça]
17 de Junho de 2019 às 18:15  Por: Reprodução  Por: Pedro Vilas Boas  0comentários
Líder do PSD no Senado, Otto Alencar afirma que o decreto que flexibiliza a aquisição de armas do governo Bolsonaro é inconstitucional. "Não tá se discutindo o principal. O decreto dele é inconstitucional. Existe uma lei, o Estatuto do Desarmamento, aprovado no Congresso Nacional, sancionado pelo presidente", disse ao BNews nesta segunda-feira (17), véspera da votação da pauta no plenário.
O senador revela que o clima nos bastidores da Casa é de derrubar o decreto, assim como ocorreu na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), a qual Otto integra. A votação no plenário acontece nesta terça-feira (18)."Vou continuar com meu voto. Respeito a posição dos outros que pensam diferente, mas, na minha opinião, quanto mais armar a população, mais crimes acontecerão", acredita.
Na última semana, o senador Angelo Coronel (PSD) explicou ao BNews ser a favor da posse de armas, para uso do produtor rural e caminhoneiro, "já que a segurança pública não tem condiçoes de dar uma cobertura efetiva, principalmente nessa áreas, na área do campo, das estradas".
Otto afirmou que não há conflito com o correlegionário. "Eu sou líder pelo PSD no Senado, e, constantemente, libero a bancada, pra votar como ela desejar", concluiu
Share on Google Plus

About Visão de Águia

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 Comments:

Publicar um comentário

Fale Conosco

Fale Conosco