Três prefeitos baianos são punidos por acumulação de cargos por um único servidor

[Três prefeitos baianos são punidos por acumulação de cargos por um único servidor]
03 de Outubro de 2019 às 08:39  Por: Reprodução / Google Street View  Por: Redação BNews  0comentários
Os prefeitos das cidades de Saúde, Ourolândia e Mirangaba, localizadas no Centro-Norte Baiano, foram punidos pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), nesta quarta-feira (02), após um vereador denunciar que um servidor acumulava diversos cargos públicos nos três municípios.
O conselheiro Fernando Vita, relator do parecer, determinou a formulação de representação ao Ministério Público da Bahia (MP-BA). Os conselheiros do TCM aprovaram, ainda, a aplicação de multa no valor de R$ 2 mil a cada um dos prefeitos. A decisão cabe recurso.
Na defesa, Sérgio Luiz da Silva Passos (PSDB), prefeito de Saúde, João Dantas de Carvalho (MDB), prefeito de Ourolândia e Adilson Almeida Nascimento (MDB), prefeito de Mirangaba, não conseguiram descaracterizar a irregularidade. 
Denúncia
Segundo o TCM, o caso foi denunciado pelo vereador de Saúde, Claudiano de Menezes, que relacionou os cargos de seu conhecimento que o “polivalente e onipresente” servidor Lucas Dias Bezerra ocupava ilegalmente nos três municípios da região. 

Em Saúde, tinha a responsabilidade de coordenar o Serviço de Atenção Básica (40 horas semanais de trabalho). Nos intervalos deste trabalho, era pago como fonoaudiólogo (por 20 horas no exercício da profissão) pela prefeitura de Mirangaba. 
Para completar a extensa carga de trabalho agora como fisioterapeuta, em Ourolândia, ele prestava 20 horas semanais. Ainda segundo a denúncia, Lucas encontrou tempo, em outubro de 2016, para atuar na Unidade Básica de Saúde de Taquarandi, pertencente ao município de Mirangaba, com carga semanal de 30 horas.
Share on Google Plus

About Visão de Águia

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 Comments:

Publicar um comentário

Fale Conosco

Fale Conosco