Radialistas passam, por dificuldades financeiras devido ao novo coronavírus


Com o fechamento do comércio já por quase 60 dias devido o novo coronavírus e, mesmo, com a bonificação de 600 reais, liberados pelo governo federal, muitos profissionais de comunicação, principalmente das emissora de rádios, estão passando por grande dificuldades para manterem “o pão de casa de cada dia!” conforme relato de um deles a este blog, “inclusive, já faltando gêneros alimentícios para meus familiares em casa!” ressaltou.

Essa questão é gravíssima porque muitos radialistas vivem da venda de anúncios e  tem 20% do valor do negócio. A situação se agravou, no momento, por causa do fechamento das lojas, onde os empresários; a primeira  ação que fazem é a de suspender a publicidade. O sindicato da categoria, até agora não se manifestou, e por isso, alguns radialistas já estão pensando em elaborar uma campanha para atravessar essa fase de dificuldades. Pensam, em recorrer aos órgãos públicos  e privados no sentido de desenvolverem um projeto de “Cestas Básicas”.
Os comunicadores do rádio, que hoje não vivem mais de carteira assinada, mas do que vendem para poder sobreviverem. Essa classe que tento contribui para o desenvolvimento de um povo, do comércio, do município, as autoridades deveriam olhar a questão com mais humanidade. Daqui apelamos para a CDL, Sindcom, Lions, Clubes de Serviços, Associação Comercial e Empresarial-ACI e empresários para desenvolverem uma campanha em torno desses grandes profissionais do rádio, e que levam e traz o nosso progresso.
Esse fato, desses profissionais que têm uma grande história, não só acontece em Itabuna, como em todas as cidade que compõem a região do cacau e, possivelmente, em todas as cidades do interior do nosso país. Essa categoria, merece respeito! que a Justiça seja feita.
SITES E BLOG– A mesma situação estão vivendo os jornalistas que trabalham em sites e blog. Desde do inicio do ano, que esta categoria vem enfrentando algumas dificuldades, principalmente porque algumas prefeituras de grande porte da região cacaueira, onde são prestados serviços, estão há quatro meses sem pagar, aplicando o calote nos profissionais. Infelizmente, as empresas de publicidade , que contrataram os sites e blog, não repassam os recursos, porque, segundo elas, também estão recebendo calote.
Expressãounica- Joselito Reis
Share on Google Plus

About Visão de Águia

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 Comments:

Enviar um comentário

Fale Conosco

Fale Conosco