Polícia Federal já realizou 33 operações de combate a fraudes em contratos relacionados à pandemia

 

[Polícia Federal já realizou 33 operações de combate a fraudes em contratos relacionados à pandemia]
  Por: Agência Brasil  Por: Yasmin Garrido  0comentários

Desde que os estados iniciaram as ações de combate à Covid-19, muito se ouviu falar em operações de combate a fraudes em contratos firmados com empresas na área de saúde. De abril a julho, a Polícia Federal realizou 33 operações para combater as irregularidades em 15 estados brasileiros.

As ações se referem a contratos que juntos somam mais de R$ 1 bilhão e já contabilizam o cumprimento de três prisões preventivas, 32 prisões temporárias e 391 mandados de busca e apreensão.

O estado com o maior valor fraudulento detectado foi Pernambuco, alvo da Operação Antídoto, realizada em 16 de junho e que combateu irregularidades em dispensas de licitação emergenciais e superfaturamento na aquisição de produtos destinados ao combate à pandemia pela Prefeitura de Recife

Dois dias depois, a Polícia Federal deflagrou a Operação Solércia, no Pará, para combater contratações irregulares destinadas à aquisição de cestas de alimentação escolar para toda a rede de ensino do estado, como medida de enfrentamento da pandemia da Covid-19. As fraudes somam quase R$ 74 milhões, com o cumprimento de 16 mandados de busca e apreensão.

Também no Pará, a Operação Para Bellum, realizada em 10 de junho, combateu fraude em licitação na compra de centenas de respiradores pelo estado, no valor de R$ 50 milhões. Na ocasião, foram cumpridos 23 mandados de busca e apreensão.

Os dados foram divulgados pelo projeto Fiquem Sabendo, após solicitação por meio de Lei de Acesso à Informação feita ao Departamento da Polícia Federal.

Share on Google Plus

About Visão de Águia

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 Comments:

Publicar um comentário

Fale Conosco

Fale Conosco