'Não somos anexo do PT na Bahia nem no Brasil', diz Leo Prates sobre situação do PDT

 


por Bruno Luiz / Ailma Teixeira

'Não somos anexo do PT na Bahia nem no Brasil', diz Leo Prates sobre situação do PDT
Foto: Bruno Luiz / Bahia Notícias

Enquanto em Salvador, o PDT se aproxima da candidatura do vice-prefeito Bruno Reis (DEM), no âmbito do estado, o partido ainda integra a base do governador Rui Costa (PT). Atual presidente da legenda na capital baiana, o secretário municipal de Saúde, Leo Prates, ressalta que não há conflito nisso.

 

“O PDT está no governo pelo apoio que deu em 2018, então a determinação do PDT é a manutenção da aliança com o governo do estado. Agora, isso não quer dizer um atrelamento automático dos projetos municipais”, frisa, ao pontuar que outros partidos da base de Rui possuem alianças a nível municipal com opositores do governo, sem que isso provoque um rompimento.

 

“Uma relação cabe a dois lados. Cabe ao governador também analisar. (...) Não somos anexo do PT na Bahia nem no Brasil, com todo respeito que nós temos”, acrescenta durante entrega de unidade de saúde para reforçar a Atenção Primária na capital.

 

Para ele, o que está em discussão é apenas a eleição em Salvador. A definição do apoio por parte do partido deve ser divulgada até a próxima semana. O próprio Prates chegou a se colocar como pré-candidato à prefeitura da capital baiana, mas não se descompatibilizou a tempo de concorrer.

Share on Google Plus

About Visão de Águia

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 Comments:

Publicar um comentário

Fale Conosco

Fale Conosco