Dois criminosos líderes do DMP tombam em confronto com a Cipe Cacaueira em Cajueiro de Ibicaraí

 


Na noite desta sexta-feira (27), dois criminosos de Itabuna, de altíssima periculosidade, considerados líderes da organização criminosa denominada DMP, tombaram em confronto com policiais militares da Cipe Cacaueira, no distrito de Cajueiro, em Ibicaraí. 

Os bandidos foram identificados pelas alcunhas Naldo Manso e Tiago Porquinho, ambos com passagens pela polícia e velhos conhecidos da justiça. 

Nesta ocasião, os policiais realizavam algumas abordagens em um trecho da rodovia BR-415, com o intuito de coibir roubo de veículos e assaltos a terminais bancários com explosivos. 

Durante um dos bloqueios, nas imediações de Santa Cruz da Vitória, a guarnição percebeu que dois indivíduos em uma caminhonete Mitsubishi L200 Triton de cor branca, empreenderam fuga, após o condutor realizar uma manobra. 


Houve perseguição, e na altura de Cajueiro de Ibicaraí, o cerco foi fechado, mas os bandidos não renderam-se. Ao contrário, desceram do veículo e passaram a atirar com arma de fogo contra a guarnição, que revidou e os alvejou. A dupla ainda foi socorrida para o Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, mas não resistiu aos ferimentos.

Vasto histórico criminal da dupla; Naldo liderava DMP junto com Penteado

Naldo Manso é Ronaldo Santos Silva, que já cumpriu pena no presídio de Itabuna. Ele foi preso em uma mega operação policial, ocorrida em 2018, em Itabuna e em Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, onde ele foi preso. 

Ainda em 2018, foi um dos criminosos de frente da facção que foram transferidos para a Unidade Prisional de Segurança Máxima de Serrinha, na ocasião, junto com os parceiros dele do DMP, Rosenilton Francisco dos Santos, o Tica-Tica, Joseilson Cardoso dos Santos, o Pita, líder do DMP em Pau Brasil; e Luan de Jesus, o famoso Luan da Luz Vermelha, que chefiava o DMP na região da chamada Favela do Bode.

A transferência deste detentos, em 2018, ocorreu após a justiça interceptar ligações telefônicas dos criminosos, e identificar que Naldo Manso era, junto com Thiago Penteado, o principal líder da facção, responsável por atividades coordenadas de tráfico de drogas, mediante venda, distribuição e recolhimento de valores oriundos das operações ilícitas realizadas, bem como por atividades de compra e distribuição de armas de fogo e munições entre os associados e, ainda, orientação aos integrantes da organização para a prática de atividades delituosas diversificadas, sendo Naldo Manso, de acordo com o relato da justiça, um indivíduo violento, que não exita em autorizar ações de eliminação dos rivais. 

Já Tiago Porquinho ocupava uma hierarquia menor que a de Naldo no crime organizado, mas também era estratégico para o crime e já havia sido preso em outras ocasiões. No final das contas, em favor da sociedade, são mais dois criminosos perigosíssimos tirados de circulação. 


Share on Google Plus

About Visão de Águia

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 Comments:

Enviar um comentário

Fale Conosco

Fale Conosco