Ação conjunta identifica ex-secretários e fiscais suspeitos de receber propina em Porto Seguro

 


A operação Saneamento, deflagrada nesta sexta-feira (3), afastou ex-secretários estaduais e fiscais, todos ligados à secretaria de obras e meio ambiente. 

Os suspeitos foram identificados como Benedito Gouveia de Almeida, Elcio Luis Peres, Geomar Jesus Oliveira de Deus, Igor Carvalho Nunes Oliveira, Marlus Simões Brasileiro, Maxuel Alves Santos. No caso dos fiscais, que ainda atuam na pasta, foi determinado o afastamento das funções por 180 dias.7

Segundo o Ministério Público do Estado (MP-BA), os acusados são suspeitos de receber propina mediante liberação de licenças ambientais para empreendimentos imobiliários. Em um dos casos, a propina paga foi de R$ 60 mil. 7

Os casos teriam ocorrido entre 2016 e 2017 durante mandato da então prefeita Cláudia Oliveira. Liderada pelo Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do MP-BA, a operação contou com apoio da 5ª Promotoria de Justiça de Porto Seguro e das polícias rodoviária federal e civil da Bahia.

Share on Google Plus

About Visão de Águia

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 Comments:

Enviar um comentário

Fale Conosco

Fale Conosco