Ednaldo Rodrigues explica planos de mandato na CBF: "Queremos a Seleção mais perto do torcedor"

 


Candidato único na eleição desta quarta-feira, Ednaldo Rodrigues assumirá a presidência da CBF por um período de quatro anos. O baiano de 68 anos assume uma entidade em crise – segundo ele próprio, a imagem que a CBF projeta no mundo hoje é "até repugnante".


Seu antecessor, Rogério Caboclo, foi afastado por denúncias de assédio sexual e moral contra funcionários. Antes dele, Marco Polo Del Nero, José Maria Marin e Ricardo Teixeira foram banidos da Fifa por denúncias de corrupção.

Contador de formação e ex-presidente da Federação Bahiana de Futebol, Ednaldo enfrentou nas últimas semanas a oposição de Gustavo Feijó, um dos vice-presidentes da CBF, que cogitou tentar a presidência, mas não apresentou candidatura.

Share on Google Plus

About Visão de Águia

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 Comments:

Enviar um comentário

Fale Conosco

Fale Conosco