Limpeza em indicações do PP no governo continua e Rui exonera mais de 20 servidores

 


Limpeza em indicações do PP no governo continua e Rui exonera mais de 20 servidores
Foto: Divulgação

O governador Rui Costa (PT) segue promovendo exonerações em secretarias após a saída do Progressistas. Depois de assinar mais de 70 exonerações nesta terça-feira (22), o gestor continuou a "canetada" nesta quarta-feira (23), com mais 21 exonerações em secretarias que eram comandadas pelo PP ou que possuem relação com o vice-governador, João Leão.

 

Entre as pastas que sofreram baixas estão a Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), a Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (Sihs) e a Secretaria de Planejamento (Seplan), que era comandada por Leão antes do rompimento com o grupo de Rui Costa.

 

No pacote de exonerações publicadas no Diário Oficial do Estado também está a saída de Roberto Pereira de Britto, ex-deputado federal pelo Progressistas, do cargo de diretor geral da Empresa Gráfica da Bahia (EGBA), órgão vinculado à Casa Civil, e de Marcos Emílio Barbosa dos Santos, que deixa a diretoria técnica da EBDA.

 

Nesta terça-feira (23), o governador já havia exonerado diversos servidores na SDE, SIHS, Seplan e na Seagri. Na lista, o filho de Jabes Ribeiro, atual secretário-geral do PP, Jabes Souza Ribeiro Júnior foi exonerado do cargo de assessor técnico da Seagri (leia mais aqui).

 

Quem também teve a exoneração publicada no DOE foi Marcelo Cajado Sampaio, irmão do deputado federal e presidente do PP, Cláudio Cajado. O familiar do parlamentar deixou o cargo de coordenador Superintendência de Infraestrutura Hídrica, órgão vinculado à Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento. Marcelo havia assumido o posto no governo de Rui Costa em abril de 2019 (relembre aqui).

 

No último dia 14 de março, o vice-governador João Leão (PP) entregou a carta de demissão do cargo de secretário estadual de Planejamento ao governador Rui Costa (PT) e foi seguido pelo ex-presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Nelson Leal, que ocupava a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e o secretário de Recursos Hídricos, Leonardo Góes (leia mais aqui).

 

Outra pasta que também sofreu mudanças com a publicação desta terça-feira foi a de Administração Penitenciária e Ressocialização, onde o deputado federal Marcelo Nilo (PSB) tinha ampla influência. Em fevereiro, Nestor Duarte Neto, que é aliado de Nilo, entregou o cargo de titular da secretaria após o parlamentar romper com o grupo de Rui Costa.

 

Nestor foi titular da Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização por quase 11 anos, entre maio de 2011 e fevereiro de 2022.

Share on Google Plus

About Visão de Águia

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 Comments:

Enviar um comentário

Fale Conosco

Fale Conosco