Homem é baleado em Santa Luzia e enterrado em cova rasa, mas sobrevive e dá entrada no HBLEM em Itabuna

 


Com cada vez mais intensidade, as organizações criminosas expandem suas áreas de atuação para pequenas cidades do interior, que vão além de grandes polos como Itabuna, Camaçari e Vitória da Conquista. Na região sul do estado, por exemplo, costumeiramente o Verdinho Itabuna noticia homicídios, tiroteios, prisões, etc, em cidades como Itajuípe, Coaraci, Uruçuca, Ibicaraí, Buerarema, Camacan, dentre outras, e sem distinção. Os locais são estrategicamente definidos pelas facções criminosas. 

O terror, nesta ocasião, aconteceu na pequena cidade de Santa Luzia, na noite desta terça-feira (26), e as motivações para o inusitado caso, vêm do narcotráfico. Adriano Borges Rocha, 23 anos, foi vítima de tiros, que lhe atingiram a região do abdômen e um dos braços. O crime ocorreu na Rua 5, no bairro São Pedro. Achando que Adriano estava morto, após os tiros, os criminosos enterraram a vítima em um espécie de cova rasa, e em seguida, fugiram. 

Contudo, Adriano sobreviveu ao ataque, conseguiu emergir da terra, e pediu socorro. Ele foi levado para o Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, em Itabuna, onde passou por cirurgia para retirada dos projéteis. Adriano tem passagem pela polícia, e chegou a cumprir pena por porte ilegal de arma de fogo. Há fortes indícios de que ele esteja ligado, portanto, ao mundo do crime.

Adriano não foi o único baleado na noite de terror em Santa Luzia. Também deu entrada nesta unidade hospitalar, Jônatas Vilas Boas, 19 anos, encontrado pelo pai dele, que o resgatou caído ao solo, e o socorreu. Jônatas também sobreviveu ao atentado.


Share on Google Plus

About Visão de Águia

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 Comments:

Publicar um comentário

Fale Conosco

Fale Conosco