Ibi Terra Santa

Caso Daniel Alves: polícia gravou vítima "acidentalmente" no local; novas provas desmentem atleta


 O jornal espanhol "El Periódico" noticiou, na manhã desta quarta-feira, que surgiram novas imagens de declarações da vítima, que acusa Daniel Alves de agressão sexual.


Segundo a publicação, um policial, que trabalhava na boate Sutton, em Barcelona, no dia 30 de dezembro, e trabalhava com uma câmera no peito, filmou "acidentalmente" as primeira declarações da jovem, ainda nervosa e chorando.

Novas provas desmentem Daniel Alves

Ainda de acordo com o "El Periódico", a perícia encontrou novas provas que reforçam a versão da vítima. Após a jovem ser encaminhada a um hospital e ser examinada por um médico legista, foram detectadas lesões compatíveis com luta e vestígios de líquido seminal.


A publicação afirma ainda que a perícia encontrou impressões digitais que também vão de encontro com as alegações da vítima e contrariam o jogador.

Enviar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Fale Conosco

Ibi Terra Santa